O saco plástico: Um mal necessário?

As sacolas de plástico que utilizamos para carregar nossas compras de supermercado e outros estabelecimentos é um grande problema para a ecologia do planeta. Para que ela seja barata quando comprada em grandes quantidades por esses estabelecimentos, ela é feita de um material muito fino, que impossibilita qualquer chance de reciclagem da mesma. A sacola demora cerca de 200 anos para se decompor, pode ser reutilizada como saco de lixo em casa, mas devido a grande quantidade que é utilizada (estima-se que uma família brasileira utiliza em média 66 sacolas mensalmente) boa parte dessas sacolas acabam no meio ambiente, em lixões e nos esgotos. Nas cidades elas são responsáveis por entupir bueiros, canos e bocas de lobo, causando transbordamentos dos mesmos e contribuindo para o aumento e enchentes, estas por sua vez causam doenças e danos patrimoniais públicos e privados. Quando as sacolas saem das cidades e chegam aos rios e mares, além da poluição residual, causam o afogamento de alguns animais que confundem as sacolas com alimentos e as pequenas sacolas são capazes até de engasgar baleias e outros animais de pequeno, médio e grande porte, causando a sua morte.

 

sacola_tartaruga.jpg

Existem algumas alternativas para as sacolas de plástico, a utilização de sacolas de pano é uma delas. As pessoas utilizam suas próprias sacolas de pano para fazer compras, isso limita a capacidade de uma pessoa de carregar coisas, por vez ajuda a combater o consumismo exacerbado, mesmo que as pessoas não percebam que isso acontece. Outra opção é a sacola feita com material biodegradável, mas a decomposição desse material não é 100% limpa e ainda é um material muito caro para se trabalhar. A utilização de uma sacola mais grossa seria outra opção, ela pode ser reciclada, mas a utilização de mais material na sua composição aumenta o seu preço e o uso excessivo de matéria prima piora a situação no caso da sacola mais grossa não for reciclada e sim jogada ao meio ambiente e não podemos esquecer que a sustentabilidade entra em jogo, nesse caso, precisamos fechar o ciclo de vida da sacola e o dispêndio de energia, água e dinheiro durante o processo de reciclagem torna a sacola mais grossa pouco sustentável.

 

sacola_coral.jpg

Alguns paises europeus proibiram o uso da sacola de plástico, em outros lugares a sua comercialização é proibida e tratada com uma multa altíssima. Em outros paises mudanças mais drásticas acontecem em relação ao uso de materiais plásticos, como copos descartáveis e talheres, em Taiwan a sua utilização e produção são proibidas. Aqui no Brasil a coisa é lenta, existem estudos sobre a utilização de matérias menos poluentes e biodegradáveis, mas nenhuma campanha de conscientização, lei ou incentivo é dado a quem realmente interessa, o usuário final do produto.

Dados retirados da matéria: “Cortar o saco para salvar o mundo” – Revista Superinteressante – Dez/2007 – pags 38-39.

Anúncios

2 Respostas to “O saco plástico: Um mal necessário?”

  1. Ariel Says:

    que tal caixas ?????
    seria bom para substituirr

  2. ruth Says:

    bom eu acho q para ter uma cidade melhor nao colocar em estiçao as sacolas plasticas mas de alguma forma consientisar o ser humano q nao jogue las sacolas nas ruas .por exemplo(que voces policias se ver uma pessoa jogando lixo na rua poder multar e se for criança multar os pais q nao deram educaçao para seus filhos )ESTE È O MEU OMENTÀRIO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: