Archive for the ‘Commuting’ Category

Bikes na Holanda.

outubro 5, 2007

Foto de 2 estacionamentos de bicicletas na Holanda.
bikeholanda.jpg

Segundo a descrição da foto na Holanda existem 16.2 milhões de pessoas e quase 16.2 milhões de bicicletas.

Uma brincadeira que o povo de lá usa é: “Se a sua bike vale mais que o cadeado dela, ela vai ser roubada”

bikeholanda2.jpg

“Eu vi na Veja!”

setembro 2, 2007

Saiu na revista veja do dia 29 de agosto de 2007, a reportagem: “Vou de bicicleta” na parte de cidade, pagina 122.

A reportagem fala sobre a aposta das prefeituras das principais cidades européias na integração entre os meios de transporte e da aceitação da bicicleta como meio de transporte, a revista trata isso como se fosse uma novidade muito grande, mas sempre houve essa iniciativa nas cidades européias, Paris por exemplo é uma cidade que tem toda sua infra-estrutura do transito voltada para ciclistas, esses tem que obedecer sinais, locais permitidos de estacionamentos e outras leis basicas de condutas e interação entre outros meios de transporte e entre os proprios ciclistas. Creio que a revista trata isso como novidade porque o que acontece na Europa é que iniciativas privadas estão disponibilizando o serviço de bike commuting, que é nada mais nada menos que um aluguel de bicicletas, ja existem até maquinas para locação de  bicicletas como pode ser visto na imagem abaixo.

vending_2.jpg

Seguindo o estilo das vending-machines de refrigerantes, a empresa bikedispenser acredita no commuting e as bicicletas serão alugadas em um local da cidade e poderão ser entregues em qualquer outra maquina.

Bem vindos, a mim e a vocês.

agosto 30, 2007

O RECICLOCIDADE é um blog voltado a discussões sobre o transito da cidade de São Paulo, qualidade de vida e globalização e como esses 3 itens podem influenciar na nossa vida e nem percebemos.

Se você mora em São Paulo, bem como em outras grandes cidades, as vezes nem tão grandes assim, sabe o quanto o congestionamento é algo que literalmente ATRASA a vida, fazemos tudo correndo, com pressa, sem a qualidade que gostariamos para poder sair de casa / trabalho / faculdade, ou de onde quer que esteja para nos locomovermos a 10km/h em nossos carros para chegar a outro lugar, provavelmente atrasado, fazemos tudo com pressa, porque sabemos que vamos ficar horas parados no transito, estamos empregando nosso tempo mais na locomoção do que nas tarefas que temos no dia-a-dia, de fato, se locomover por São Paulo ja se tornou uma tarefa ardua a muito tempo. Com certeza o carro é muito mais confortavel que os outros membros de transporte, você ouve o seu radio, sente o seu cheiro, come as suas tranqueiras e fica parado, igual todo mundo continua parado, tanto no transito quanto fisicamente. Porque não utilizamos mais transporte publico? Ou bicicletas? ou qualquer outro meio de transporte que agrida menos o meio ambiente, que agrida menos a nossa saude e que ajude a conservar a ordem na cidade, será que é tudo culpa do governo? Sem duvida somos carentes de onibus, metros e outros transportes de qualidade, mas pare e pense um pouco, será que todo dia você precisa do seu carro para ir trabalhar? Será que não da para pegar o metro e ir a pé? a quantos anos você não anda 2 quadras a pé? Também somos carente de ciclovias, ciclofaixas e de programas de conscientização de motoristas, que mostrem que a bicicleta também é parte do transito. Não adianta culpar o governo, provavelmente eles nunca irão fazer nada se nós não começarmos a fazer, se cada um fizer a sua parte ja será um grande adianto na vida de todos. afiche-calle-inteligente-70.jpg

A imagem acima é um cartaz sobre a utilização do espaço publico na cidade de Bogotá na Colombia, nos 3 casos aparecem 150 pessoas, primeiro cada uma em seu carro, depois todas em um onibus bi-articulado e depois cada uma em sua bicicleta.

O nome, reciclocidade, foi baseado no estudo sobre a sustentabilidade do fisico Fritjot Capra, um dos termos desse estudo é a reciclagem que explica os CICLOS que os ecossistemas naturais seguem para garantirem sua sobrevivência. Todos ecossistemas produzem residúos decorrentes de sua alimentação e outras atividades, esses residuos são aproveitados por outros ecossistemas, o que é descartado por um, é utilizado por outro. Todos ecossistemas fazem essa reciclagem, menos um, as cidades, a melhor e maior expressão de ecossistema humano. O nome reciclocidade é uma critica a essa falta de reciclagem dos nossos residuos e um incentivo a começarmos a ver o mundo como um grande ecossistema, que precisamos dele assim como ele precisa de nós e só alcançaremos isso com a re-educação dos nossos costumes.